ALUGAR‎ > ‎COMPRAR‎ > ‎

Nos jornais americanos

População de Manhattan reduziu apesar de ruas estarem lotadas
          As ruas e principais lojas de Manhattan podem estar lotadas mas a população reduziu. Atualmente vivem na cidade de Nova York apenas 1.6 milhões de pessoas. Em 1910, a população da Big Apple chegou a 2.3 milhões. Na década de 80, caiu para 1.4 milhão por causa do indice crescente de crimes. Depois da política de tolerância zero, a cidade voltou a ganhar mais residentes e chegou ao atual número de habitantes. 
          A cidade fica super lotada com os turistas e os residentes do subúrbio que trabalham em Manhattan. Num dia normal de trabalho,  a população flutuante chega a 3.9 milhões de pessoas. O mais curioso da matéria publicada no NY Times sobre o assunto é no entanto o fato de quem em 1910 num apartamento de 42 metros quadrados residiam 8 pessoas e hoje num estúdio de 21 metros quadrados reside apenas uma pessoa, o que demonstra que o preço por metro quadrado fez com que as pessoas mudassem para o subúrbio. Não há dúvidas de que Manhattan hoje em dia limita seu número de habitantes pelo preço do "square feet" vingente na ilha.